O QUE ESTÁ A MAIS NO SEU GUARDA ROUPA

 

Olhar para o guarda-fatos de manhã e sentir que não tem nada para vestir, apesar de o ter repleto de roupa…É um momento clássico para si?
Se lhe dá a sensação de armário cheio mas nada o inspira, este é o momento para rever a sua roupa.

Estatisticamente falando, usamos menos de metade do total das nossas roupas. Mas números à parte, é normal que ao longo dos meses e dos anos, os nossos gostos – e até as curvas do nosso corpo – mudem. E muitas das peças de que já gostámos, deixam de pertencer à nossa lista de favoritos. Sim, porque idealmente, devíamos ter só favoritos no nosso armário! Afinal são esses que, por uma razão ou por outra, nos levam a lhes pegar e usar com todo o gosto.

Aqui vão alguns tipos de roupa que podem estar a mais no seu espaço!

O QUE NÃO VAI COM NENHUMA DAS OUTRAS PEÇAS

Se tem por exemplo, uma camisola espectacular mas não a sabe conjugar com a roupa que tem, temos aqui um problema. Qual a solução?
O ideal é investir um pouco de tempo a fazer diferentes combinações com outras peças para perceber como resolvê-la. Criar o que eu chamo de fórmulas de sucesso, ou seja, conjugações de roupa que já sabe que resultam – sem ter de pensar muito, quando se prepara de manhã. Caso descubra que não funciona com nada mais, coloque na lista de compras a peça ideal que daria com essa camisola ( convém que também dê com várias outras peça suas), ou então decida libertar-se dessa peça desemparelhada!

O QUE NÃO TRAZ AO DE CIMA O MELHOR DE SI

Aqui está um cliché que até pode ser esquecido: o que fica bem nos outros nem sempre nos fica bem. Uma peça até pode ser tendência ou fazer parte de um estilo que nós queremos adoptar, mas tenha em atenção se lhe assenta bem e se expressa a imagem que quer transmitir. O que usamos é a forma como nos apresentamos ao mundo e a nós mesmos, por isso deve trazer ao de cima o melhor de si.
Se tem uma camisa que lhe fica apertada, se o faz sentir desconfortável ou tem um ar desleixado, o que é que pode trazer de positivo para o seu dia? Se faz questão de ter uma peça desse tipo, então procure uma versão melhorada que o faça sentir mais confiante.

Estes dois critérios já vão aliviar alguns dos seus cabides… Em breve retomamos o tema com mais dicas!