PORQUÊ ARRUMAR ROUPA FORA DE ESTAÇÃO

 

Chegou o momento. Vamos mudar o guarda-roupa! Roupa de tempo frio entra, peças de verão saem.

Vamos explicar porque é que é benéfico fazer esta troca de roupa fora de estação duas vezes por ano.

Como já referimos, o nosso cérebro assimila muito mais informação do que o que o que parece, ou seja a primeira vantagem é basicamente simplificar visualmente o roupeiro.
Menos informação, menos ruído visual – decisões facilitadas. Como é óbvio não consideramos sequer vestir um casacão no pico do verão, mas pelo o simples facto de ali estar e o vermos, estamos a processar informação desnecessária. Com tantas decisões que temos de tomar no quotidiano este é um detalhe que faz a diferença no começo do nosso dia.

Para além disso, um guarda-roupa que respira e que tem espaço para movimentar os cabides livremente, é um guarda-roupa cómodo e tranquilo. Se pudermos evitar a frustração que é lutar contra cabides e peças sufocadas, melhor!

 

 

Quer queiramos quer não, ver as mesmas peças dia após dia vai desgastando o nosso interesse e sensação de “frescura” e novidade. Assim, se as arrumarmos, quando as formos resgatar vai saber melhor voltar a ver as roupas que tanto gostamos.  Vai ver que lhe sabe muito melhor usar aquele cachecol, depois de tanto tempo sem o ver. É uma sensação que se compara à de ter roupa nova!

Por outro lado, este afastamento dá-nos uma visão mais lúcida sobre os nosso gostos atuais. Ver repetidamente a mesma roupa cria habituação e tolerância. Já não questionamos se gostamos deste ou daquele item, porque simplesmente nos habituámos a vê-lo sempre no mesmo sítio. Desta forma, ao repor no guarda-roupa algo que já não víamos há meses, dá-nos a oportunidade de ter uma nova perspetiva sobre cada peça.

 

Na próxima semana não perca as dicas para organizar o seu guarda-roupa para a nova estação.

E entretanto não se esqueça de aproveitar o outono!

Um comentário em “”

Os comentários estão fechados.