Inspira

 

Todos nós estamos a passar por uma fase inédita, algo por que nunca passámos.
E neste isolamento tem havido um crescente de stress e ansiedade. Se estamos em família, há mais discussões e atrito; se vivemos sozinhos, há solidão e falta de contacto humano.
No entanto há várias formas de contornar este problema e aliviar alguma da tensão que se vai acumulando. Uma técnica que costuma mostrar bons resultados é a meditação.

Talvez pense que a meditação não é para si… Pense melhor.

São inúmeros os benefícios deste tipo de “exercício”, praticado por todo o tipo de pessoas, dos mais diversos estratos sociais e estágios da vida.
E de qualquer das formas… porque não tentar? Tem tempo nas mãos e está a passar por uma altura mais complicada. O que tem a perder?

 

 

Há quem prefira fazê-lo sozinho, ou com acompanhamento – a chamada meditação guiada. Ajuda-nos a não distrair e a focar no processo. Pode durar dois minutos, dez, vinte – como se sentir mais confortável.

Felizmente existem várias aplicações para telemóvel, com diferentes tipos de abordagem e com versões gratuitas. Ainda estou no início deste processo e estou a tentar descobrir o que funciona melhor comigo, qual a melhor altura do dia, etc.
Mas aqui vão algumas sugestões para tentar aí em casa:

Para quem tem facilidade no inglês:
• Calm
• Headspace
• Breethe
• Present
• Ten percent
• Oak
• Resilio
• Balance

Em brasileiro (infelizmente não conheço em português):
• Medite.se
• Lojong
• Zen
• Meditação
• Meditopia

Para se evitar dispersar, a melhor forma de o fazer é testar uma aplicação de cada vez, durante alguns dias seguidos e depois passar para a próxima. Assim dá uma oportunidade a cada versão para compreender com qual se identifica mais.

Faça por manter este hábito – mesmo para além da quarentena .É bom para si!