INSISTE!

 

Provavelmente já tentou destralhar numa altura em que estava simplesmente farto de tanta coisa e cansado da confusão que se instalou na sua casa.
Provavelmente transformou-se num furacão da organização, e numa manhã, conseguiu libertar-se das roupas que estavam no armário há anos sem usar, ou das pilhas de papéis que estavam há semanas para serem tratadas.
É isso mesmo!!
É esse o espírito. E onde tudo começa.

Aquele desejo momentâneo de tudo mais simples e agradável faz com que finalmente reaja contra o caos. É a semente da leveza que começa a espreitar.

 

 

Mas…
…talvez lhe tenha acontecido que passado pouco tempo, o seu armário volta a ficar apertado e a sua secretária transforma-se numa povoação de post-its e afazeres-para-tratar-assim-que-possa.
Como é que é possível?… Ainda há pouco tinha arrumado tudo e tinha ficado tão direitinho!

Aqui é importante não desistir. Porquê?

Antes de mais, porque dar continuidade à organização não significa que falhou da primeira vez, pelo contrário! Se resultou – mesmo que apenas por algum tempo – tem de continuar! É um processo em si só, e temos de o encarar dessa forma. Insista, e não desista! Vai valer a pena.

Depois, lembre-se que a semente já está no seu pensamento, e agora é a esse vislumbre que tem que se agarrar! Essa visão de ter tudo mais ligeiro e aprazível, essa vontade de sentir tranquilidade em vez de ansiedade, energia em vez de cansaço.
Estímulo em vez de frustração!
Reavive essa memória.

É natural que se torne complicado lidar com todo o fluxo de informação com que se depara de cada vez que quer organizar. O importante é não ceder à pressão da quantidade de coisas, e procurar ajuda para facilitar e agilizar esta nova fase (e face) do seu espaço.

E acima de tudo, seja realista. Roma não se fez num só dia, nem de braços cruzados.

Na próxima semana falamos dos fatores importantes para levar este seu desejo à frente da forma mais natural e eficiente possível!

Salvar